António Rebelo Duarte

Professor Convidado

Vice-almirante António Carlos Rebelo Duarte nasceu em 03AGO46 e foi alistado na Marinha, na Escola Naval, em 02SET63.

Frequentou o curso da classe de Marinha em 1963/67, sendo promovido a Guarda-marinha em 11JAN67.

Em oficial subalterno, especializou-se em “Comunicações” (1968) e possui, entre outras habilitações, o “Nato Naval Officers Electronic Warfare Introductory Course”, frequentado no Reino Unido (1971), o “Ace Staff Officers Orientation Course”, o curso “Perspectivas do Islão” e o “International Defense Management Course”, frequentado na Naval Post-graduate School”, em Monterey, Califórnia, USA (1985), além dos Cursos Navais de Guerra – Geral (1980) e Superior (1997/98), frequentados no Instituto Superior Naval de Guerra.

Concluiu a licenciatura em Economia pelo Instituto Superior de Economia da Universidade Técnica de Lisboa, em 1974, com a média final de 14 valores.

Esteve embarcado em várias unidades navais, tendo desempenhado cargos e funções, nomeadamente, de Chefe dos Serviços de Navegação, Armas Submarinas e Educação Física no N.R.P. “Porto Santo” (1967/68); de Oficial Imediato no Agrupamento n.º 1 de Draga-Minas; de Chefe dos Serviços de Comunicações e de Informações de Combate no N.R.P. “Álvares Cabral” em comissão em Angola e Moçambique (1969/71).

Exerceu o cargo de Comandante do navio-patrulha N.R.P. “Argos” (Guiné/1974), das corvetas N.R.P. “Honório Barreto” (1975) e N.R.P. “Jacinto Cândido” (1987).

Em terra, foi Chefe do Centro de Comunicações do Comando Naval do Continente; Chefe do Serviço de Comunicações do Comando da Defesa Marítima do Porto de Porto Amélia, em Moçambique (1970/71), em diligência do N.R.P. “Álvares Cabral”; Chefe do Departamento de Cifra, Centro de Comunicações, Serviço de Publicações e Instrutor da Escola de Comunicações, no Grupo Nº 1 de Escolas da Armada (GR1EA-1971/74); Professor do 30º Grupo de Cadeiras (Economia) da Escola Naval (1976/82); Chefe da 4ª Secção – efectivos e carreira naval, da 1ª Repartição da Direcção do Serviço de Pessoal (1987/89); Conselheiro Militar por parte da Marinha na Delegação de Portugal junto da OTAN (Delnato) no QG da Nato, em Bruxelas (1989/92); Adjunto do Director do Serviço de Pessoal (1992/93).

Chefiou as Divisões de “Comunicações” e de “Pessoal e Organização” do Estado-Maior da Armada, nos períodos, respectivamente, de 1993/94 e 94//97.

De 1998 a 2000, prestou serviço no Instituto Superior Naval de Guerra como professor da disciplina de Estratégia e Coordenador da Respectiva Área de Ensino.

Foi promovido ao posto de Contra-almirante em 10AGO2000 e nomeado Comandante da Escola Naval, exercendo o cargo entre 24OUT2000 e meados de JUN2002. Depois de promovido a Vice-almirante em 24MAI2000, foi nomeado director do Instituto Superior Naval de Guerra, cargo desempenhado até à sua extinção em 19SET2005.

Em 25NOV2005 transitou para a situação de Reserva, regressando à efectividade do serviço em 19MAI2007 para presidir à Comissão do Domínio Público Marítimo, desde 27JUL2007 a fins de JUL2011, passando à situação de Reforma por limite de idade (03AGO2011).

Foi conferencista convidado do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Católica Portuguesa, desde 2004 até à sua integração no Instituto de Estudos Políticos da mesma Universidade, onde lecciona desde 2009.

Em 2008 foi eleito e admitido como Académico Correspondente da Academia Internacional de Cultura Portuguesa (AICP) e em DEZ2014 eleito Académico de Número Português. Em fins de 2009 como Académico (Membro Correspondente) da Academia de Marinha; Membro Efectivo (2013) e Membro Emérito (NOV2017).

No início de 2010 foi eleito para o Instituto D. João de Castro (IDJC), tendo assumido em 7 de Janeiro as funções de presidente da respectiva direcção, com reeleição para os doiis triénios seguintes.

Tem vários artigos publicados em revistas e boletins da especialidade, nomeadamente “Roteiros” (do IDJC), “Revista da Armada” (MGP), “Cadernos Navais” do Grupo de Estudos e Reflexão Estratégico (MGP), Actas da AICP/SG e da Revista Marie Scientia da Linha Avançada em Estudos do Mar, foi co-orientador de teses de Doutoramento (1) e de Mestrado (2) na UCP/IEP, arguente de tese de Mestrado (1) na UCP/IEP e de estudos dos auditores do Instituto de Estudos Superiores Militares (IESM), e proferiu conferências em diversos fora, nomeadamente “Associação de Certificação Portuguesa” (APCER), “Observatório da China”, “Instituto de Defesa Nacional” (IDN), “IDJC”, “Instituto Diplomático” (ID), Associação de Antigos Alunos do Liceu D. João de Castro, Centro de Investigação de Estudos Políticos (CIEP) do IEP/UCP, conferencista no XXIII Colóquio da Lusofonia, realizado no Fundão e Universidade da Beira Interior, em MAR2015, etc.  

Marcado para 12NOV2018, no Museu de Marinha – Pavilhão das Galeotas, o lançamento do livro de que é co-autor, “Portugal e a Guerra de África. A Marinha com as “Argos” nas águas da Guiné”. Co-autor, também com o V/Alm. Pires Neves, do contributo capitular da Academia de Marinha para o livro das Academias, sob o título “As Políticas Públicas marítimas”, editado pela Academia das Ciências de Lisboa, 2012

  Da sua folha de serviço constam vários louvores e condecorações, de que se destacam três Medalhas Militares de Serviços Distintos, duas Medalhas Militares de Mérito Militar, as Medalhas de Prata e de Ouro de Comportamento Exemplar, a Medalha Militar da Cruz Naval de 2.ª classe e duas Medalhas Comemorativas de Campanhas.