Apresentação

A Nova Cidadania foi fundada em 1998 e, em 2006, o IEP tornou-se seu Editor.

No seu Estatuto Editorial, a Nova Cidadania afirma-se como uma proposta de intervenção cívica “endossa a filosofia pluralista que sustenta as democracias ocidentais: Estado de direito, governo representativo, economias empresariais marcadas e livres, rede de segurança. Mais especificamente, Nova Cidadania defende a disciplina fiscal do Estado, a taxação leve que pode estimular o investimento, o trabalho e a propriedade, em uma palavra, a iniciativa civil. Sem negar o papel do Estado, é claro que isto deve respeitar sempre o princípio da subsidiariedade.

No âmbito internacional, a Nova Cidadania apoia claramente o principal compromisso da democracia portuguesa:

  • A Aliança Atlântica;
  • A União Europeia;
  • A riqueza comum dos países lusófonos”.

Assine e receba a Revista comodamente em sua casa!

Também à venda nas Livrarias Almedina, Bulhosa, Coimbra Editores, Universidade Católica Portuguesa, Papelaria do Alto (Estoril), Lojas Pingo Doce e diretamente no IEP-UCP!